Tag Archives: hacking

Participamos do Teste Público de Segurança do Sistema Eletrônico de Votação Brasileiro, no final de novembro, e tivemos excelentes resultados! Conseguimos comprometer completamente a urna eletrônica, mesmo em um ambiente controlado e com pouquíssimos dias de testes.

Abaixo, alguns links dessa experiência:

As inscrições para o Pwn2Win CTF 2017 estão oficialmente abertas. Toda ajuda na divulgação é muito bem-vinda, e essencial para um bom engajamento de players brazucas.

Esse ano será utilizada nossa nova plataforma, que já foi testada no Pwn2Win PTE, em fevereiro. O registro é um pouco diferente, e todas instruções podem ser vistas em https://github.com/pwn2winctf/2017. O paper sobre ela já está no arXiv e pode ser acessado aqui.

O funcionamento da competição também será diferente em relação ao ano passado, sendo o CTF dividido em duas etapas. Alguns challenges só poderão ser acessados pelos times que resolverem um montante X antes. Esses desafios da segunda etapa são os que precisam de isolamento, e serão acessados dentro da rede da VPN, onde será feito o deploy de máquinas exclusivas para as equipes.

Todas as regras e demais informações podem ser encontradas em https://pwn2win.party/regras.

Let’s pwn!

Com o objetivo de continuar o trabalho realizado pelo CTF-BR University, que disseminou gratuitamente e em grande estilo as competições pelo Brasil por cerca de um ano e meio, vamos assumir a continuidade da ideia, realizando competições sob demanda. Com challenges realmente inteligentes e que possibilitam um real aprendizado aos players, fazendo-os pensar “fora da caixa”, vamos ofertar:

  • Para Empresas – Competições sob demanda para Empresas, visando:
    • Treinamento dos colaboradores, impulsionando-os a evoluir tecnicamente e exercitar o raciocínio lógico, possibilitando-os resolver problemas do cotidiano mais rapidamente;
    • Recrutamento de candidatos, com o objetivo de testar os conhecimentos de candidatos a vagas de TI de forma prática e ter uma noção real do que eles sabem.
  • Para Eventos e Universidades – Competições sob demanda para alunos de Universidades e participantes de Eventos de Tecnologia, visando engajá-los no maravilhoso mundo dos CTFs. Uma atividade que pode inclusive servir para horas complementares.

As categorias de challenges que podemos aplicar nas competições são as seguintes:

  • Categorias de desafios: Redes (Networking), Análise Forense (Forensics), Engenharia Reversa (Reversing), Web Hacking, Binary Exploitation, Criptografia (Cryptography), Etapa de Ataque (Attack Step que engloba diversas categorias e conhecimentos em Pentest), PPC (Professional Programming and Coding), Eletrônica (Eletronics), Física (Physics), Outros (Miscellaneous).
  • É importante ressaltar que a maioria dos desafios, além de testar o conhecimento técnico dos competidoresenvolvem muito raciocínio lógico. Alguns, dentro da categoria Misc, testam apenas o raciocínio lógico, não envolvendo conhecimentos específicos em computação.

Entre em contato para saber mais, e não perca a oportunidade ímpar de ter uma competição realizada pelo time mais antigo do Brasil, organizadores do CTF híbrido internacional Pwn2Win e mantenedores do Projeto CTF-BR!

Para saber mais sobre a equipe, baixe nossa apresentação resumida aqui.

As inscrições do Pwn2Win CTF 2016 estão oficialmente abertas! Toda ajuda para divulgação é muito bem-vinda e essencial para o sucesso da competição. Queremos engajar não só os CTF players brasileiros (e gringos), mas também a galera das maratonas de programação, e o pessoal que curte física, matemática, eletrônica, etc.

Como já falamos anteriormente, será um CTF Temático Híbrido internacional, com duração de 48 horas consecutivas e premiação em bitcoins!

Todas informações do evento, bem como alguns cartazes para quem quiser ajudar na divulgação online e offline podem ser vistas em https://pwn2win.party.

A4-Pwn2Win-Divulgacao-Online

dino

 

Após uma reunião do ELT com o TecLand Group na última sexta-feira, definimos a premiação e data da edição 2016 do Pwn2Win CTF. Ocorrerá no dia 25 de março, iniciando na sexta-feira, 13h37, com duração de 48 horas consecutivas. Como percebemos na última edição, premiação física (eletrônicos, etc) acaba favorecendo apenas um dos membros do time, então desta vez o prêmio será em bitcoins, e cada equipe poderá decidir como dividir ou o que comprar. Estamos trabalhando para que seja uma experiência ímpar em CTFs no Brasil, uma competição que ficará, como a primeira edição, marcada na história do hacking desse país. Os challenges serão realmente complexos, e terão uma temática muito interessante. Para dar mais emoção, decidimos que esse será o primeiro CTF brasileiro internacional, pois todos os challenges terão versão em inglês e irá figurar no CTFTime (\o/).

Aos que pretendem participar, é bom começar a estudar! 🙂

Todas as infos podem ser encontradas em https://pwn2win.party.

Contariando a ideia que tínhamos quando organizamos o Pwn2Win 2014, que era de fazer apenas uma edição pra descobrir quem realmente é leet no Brasil, com nossa nova line-up decidimos fazer um novo evento, desta vez um CTF temático, estilo Hacking n’ Roll, e bem mais hardcore do que o primeiro.

Os fracos sucumbirão, os fortes perecerão e somente os leets vencerão!

Interesse em patrocinar? Contate-nos!

Fiquem ligados nas novidades! 😉

O Projeto CTF-BR surgiu com vários objetivos, sendo os principais:

1) Mostrar que esse tipo de competição é extremamente útil para a formação intelectual e profissional dos participantes, pois exercita o raciocínio lógico, trabalho em equipe, e capacita os players a pensar “fora do caixa” na resolução de problemas diversos de infosec (segurança da informação);

2) Disseminar a cultura do maravilhoso mundo das competições Capture the Flag no Brasil, tornando-as tão populares quanto as Maratonas de Programação. Visando cumprir esse objetivo, pretendemos dar palestras, utilizar redes sociais e outros recursos para chegar ao nosso público-alvo, que são estudantes, entusiastas e profissionais de TI;

3) Utilizar o CTF-BR University para levar os CTFs às Universidades e Instituições de Ensino, proporcionando um primeiro contato com esse mundo aos estudantes.

4) Reunir os players brasileiros, visando fortalecer as equipes e fazê-las mais competitivas no cenário internacional;

5) Manter um Ranking Nacional, estilo CTFTime.org, estimulando a formação de novos times e a competitividade local;

6) Criar um grande repositório padronizado de write-ups de equipes brasileiras;

7) Através de uma plataforma multi-CTFs, ajudar todos os interessados (equipes, universidades, etc) a criar suas próprias competições, pois precisamos de mais CTFs brasileiros de longa duração, como o Hacking n’ Roll e Pwn2Win CTF.

8) Ajudar novos interessados a ingressar nesse mundo!

Junte-se a nós, siga-nos nas redes sociais, e para um bate-papo em tempo real, nos encontre no #ctf-br na rede de IRC Freenode.net. Outras formas de Contribuição podem ser vistas em https://ctf-br.org/contribua.

Social:

Twitter: http://twitter.com/ctfbr
Facebook: http://www.facebook.com/capturetheflagbr
Reddit: http://www.reddit.com/r/ctfbr

Neste final de semana (15-16/11) ocorreu a quarta edição do Hacking n’ Roll, organizada pelos amigos do INSERT (Information Security Research Team), do Ceará. Foi a primeira edição do HnR que conseguimos reunir vários membros do time presencialmente, fato que com certeza faz muita diferença na participação de um CTF. Nossa line-up foi composta por Álisson, Eliezer, Éderson, Marlon, presencialmente, e o Danilo jogando remotamente. A partir das 17h do sábado, assumimos a ponta na competição, e lideramos todo o tempo, até aproximadamente às 11h30 do domingo, quando fomos passados pelo dcua, time da Ucrânia que está na 10º posição no ranking global do CTFTime. A partir daí, já era questão de honra vencer os gringos! O Pão de Batãta também encostou no placar, mas faltando uns 15 minutos pra acabar, conseguimos reverter a situação, ficando com 5150 pontos, e deixando o dcua e o PdB pra trás. Foi uma final emocionante, onde cada minuto parecia um século! A conclusão é que quase gabaritamos os 20 challenges, faltando fazer apenas 3, conforme imagem abaixo:

Scoreboard Final

 

Ranking completo: http://hnr4.hackingnroll.com/ranking.

Parabéns aos guerreiros do time que venceram o cansaço e trouxeram nosso primeiro (de muitos!) títulos. \o/